As mortes em Sokoto ocorrem enquanto grupos armados continuam a causar estragos no noroeste da Nigéria.

Em Sokoto, Nigéria, pelo menos 20 pessoas morreram quando atiradores atacaram o mercado e incendiaram carros, disseram autoridades estaduais e parlamentares.

A matança em Sokoto no sábado ocorreu enquanto grupos armados continuavam a causar estragos na parte noroeste do país.

Bandidos na área intensificaram o sequestro de crianças em idade escolar e moradores para resgate desde dezembro, perturbando o dia a dia de milhões de pessoas.

Idris Gobir, um conselheiro especial do ministro da polícia de Sokoto, disse que bandidos armados atiraram esporadicamente em motocicletas, matando várias pessoas.

“Muitos bandidos mataram pelo menos 20 pessoas que vimos e atearam fogo em nove veículos”, disse ele à Reuters por telefone.

Hussein Boza, um vereador local em Sokoto, acusou o ataque de falta de segurança do estado.

Um porta-voz da polícia de Sokoto confirmou o ataque, mas não soube dizer imediatamente quantos foram mortos.

Alguns de Sokoto, como outros países vizinhos na parte noroeste do país, estão sob bloqueio de telecomunicações como parte de uma operação de segurança para impedir as operações de grupos armados.

Na quinta-feira, as forças de segurança resgataram 187 pessoas sequestradas por grupos armados em Zamfara.

..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *