Dois membros das forças de segurança foram mortos e cinco outros ficaram feridos em uma explosão reivindicada pelo grupo al-Shabaab.

Pelo menos duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas depois que um homem-bomba detonou um artefato explosivo em um café em Mogadíscio, capital da Somália, disseram a polícia e testemunhas.

O atentado de quinta-feira teve como alvo uma cafeteria perto de um entroncamento lotado no norte de Mogadíscio, supostamente frequentemente visitado por membros das forças de segurança somalis e civis.

O policial de trânsito Muhammad Ali, que estava no local, disse que o ataque noturno espalhou entulho, matando dois membros das forças de segurança e ferindo cinco.

“Fragmentos de metal e assentos de plástico destruídos foram espalhados por toda a região”, disse a testemunha Abdukadir Sagare.

Al-Shabaab, um grupo ligado à luta da Al Qaeda para derrubar o governo internacionalmente apoiado da Somália, culpou o ataque.

No mês passado, grupos armados assumiram a responsabilidade por um atentado suicida em um café lotado em Mogadíscio, matando pelo menos 10 pessoas e ferindo dezenas.

O grupo dominou a maior parte da capital da Somália até 2011, empurrado por tropas somalis apoiadas por soldados da União Africana, mas ainda mantém território no campo.

..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *