Jacarta implantou cinco navios de guerra com a ajuda de uma patrulha aérea no Mar de Natsuna do Norte, depois que navios chineses e americanos foram detectados em alto mar próximo.

Oficiais da Marinha disseram que a Marinha da Indonésia aumentou as patrulhas em torno das Ilhas Natuna, no Mar da China Meridional, depois que navios chineses e americanos foram encontrados perto do alto mar.

O comandante da Frota Ocidental da Marinha da Indonésia, Arshad Abdullah, disse aos repórteres na quinta-feira que cinco navios da marinha com apoio de patrulha aérea foram posicionados no Mar de Natuna do Norte para proteger a área.

“A posição da Marinha no Mar de Natsuna do Norte é muito forte na proteção dos interesses nacionais dentro da jurisdição da Indonésia de acordo com a lei doméstica e internacional ratificada, e não há tolerância para violações no Mar de Natsuna do Norte”, disse Arsyad. ..

Em 2017, a Indonésia renomeou a parte norte da zona econômica exclusiva do Mar da China Meridional para Mar de Natsuna do Norte como parte de uma reação contra as ambições de água da China.

Arsyad disse que navios dos EUA e da China foram encontrados recentemente nas proximidades, mas acrescentou que ainda estão em alto mar e que não são um obstáculo.

Um impasse de uma semana ocorreu em Natuna quando um navio da Guarda Costeira da China e seus navios de pesca associados invadiram o norte do Mar de Natuna no início de janeiro do ano passado, enviando combatentes para a Indonésia e instando-os a mobilizar seus próprios pescadores.

“Não há negociação sobre nossa soberania, o território de nosso país”, declarou o presidente da Indonésia, Joko Widodo, após o incidente.

Em 2016, os navios indonésios também dispararam contra navios de pesca chineses acusados ​​de pesca ilegal perto de Natuna, após uma série de conflitos naquele ano.

Nesse mesmo ano, a Indonésia também destruiu 23 navios de pesca estrangeiros da Malásia e do Vietnã acusados ​​de pesca ilegal em águas indonésias.

A ministra da Pesca Marítima, Susi Pudjiastuti, disse que sua agência afundou 10 barcos malaios e 13 barcos vietnamitas capturados ilegalmente em águas indonésias.

A China não reivindica as Ilhas Natuna, mas diz que tem direitos de pesca nas proximidades dentro da autoproclamada “linha de nove traços”, que inclui a maior parte do Mar do Sul da China, rico em energia.

Esta reclamação foi contestada por alguns países do Sudeste Asiático e não foi internacionalmente reconhecida pelo Tribunal Permanente de Arbitragem em Haia.

..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *